Índia aumenta investimentos na indústria de defesa local

O orçamento de defesa da Índia para 2021-2022 prevê um grande aumento de aquisições da indústria local, disseram importantes funcionários do Ministério da Defesa Indiano. 

De acordo com a Janes, Ajay Kumar, secretário de defesa indiano, disse em um webinário sobre orçamento do Ministério, em 22 de fevereiro, que os novos gastos com defesa alocaram cerca de US$ 9,7 bilhões (702 bilhões de rúpias indianas) para aquisições locais de defesa.

Caças HAL Tejas. Foto: Força Aérea Indiana.

Essa alocação, segundo ele, representa um aumento ano-a-ano de 35%. As compras locais em 2020-21 receberam um orçamento de 519 bilhões de rúpias. 

No mesmo evento online, o ministro da defesa Rajnath Singh disse que a Índia planejava gastar cerca de US$ 130 bilhões na modernização militar nos próximos cinco anos, incluindo financiamento expandido para aquisições domésticas.

Esse financiamento incluiu, disse ele, um contrato de 480 bilhões de rúpias concedido à Hindustan Aeronautics Limited (HAL) em fevereiro para 83 aeronaves Tejas Light Combat Aircraft (LCA) projetadas localmente para a Força Aérea Indiana (IAF).

Singh também confirmou que a HAL “provavelmente” ganhará em breve um pedido de seu Helicóptero de Combate Leve (LCH) projetado localmente.

Helicóptero de ataque HAL LCH (Light Combat Helicopter). Foto: Autor Desconhecido.

Singh acrescentou que durante 2021-22 o Ministério da Defesa já havia sancionado — por meio da emissão de aprovações de ‘Aceitação da Necessidade’ — aquisições de defesa no valor de 750 bilhões de rúpias. 

Ele também disse que 87% dessa alocação (cerca de 652,5 bilhões de rúpias) estava ligada à contínua campanha do governo para produzir equipamentos de defesa localmente.

Singh disse no webinário que os esforços da Índia para alocar mais recursos para compras de defesa serão apoiados pela intenção de acelerar o tempo que o Ministério da Defesa leva para aprovar contratos.

Recentemente a Índia testou bombas planadoras anti-aeródromo no BAe Hawk-I. Tanto a bomba quanto o avião foram, respectivamente, desenvolvidos e modernizados localmente. 

O post Índia aumenta investimentos na indústria de defesa local apareceu primeiro em AEROFLAP.