Airbus A319 da Air Moldova é apreendido por ordem judicial

Um Airbus A319 da companhia aérea Air Moldova foi apreendido na noite da última terça-feira dia 9 de fevereiro. O avião foi impedido de realizar seu voo de volta devido a uma decisão judicial, com isso nenhum dos passageiros e nenhum dos tripulantes conseguiram deixar a cidade de Dublin.

O Airbus A319 de matrícula ER-AXL tem idade de 14 anos e foi entregue originalmente para a Hainan em 2006. A justiça impediu a aeronave de realizar voos devido a uma divida da companhia aérea no valor de € 4,2 milhões em ação movida pela empresa de leasing de aviões Just-US Air.

“Dadas as medidas restritivas em relação aos voos introduzidas devido à pandemia do COVID-19, a falta de recursos financeiros levou à suspensão do pagamento da dívida acumulada. Como resultado, em 9 de fevereiro, após o voo 9U 831 Chisinau-Dublin, a aeronave Airbus 319 ER-AXL, após pousar em Dublin, não foi autorizada a voar de volta para Chisinau.” Disse a companhia aérea em comunicado.

Até o momento a aeronave ainda não foi autorizada a realizar o voo, e os trâmites judiciais deverão seguir nos próximos dias. 

O post Airbus A319 da Air Moldova é apreendido por ordem judicial apareceu primeiro em AEROFLAP.