Gato aviador é encontrado dentro do cockpit de um Boeing 737 estocado

Normalmente em uma cabine de aeronave esperamos ver pilotos, mecânicos, comissários e outros profissionais da aviação. Mas uma cena bem diferente e curiosa foi vista em um Boeing 737-900ER da El Al Israel Airlines na última semana.

Um jornalista israelense chamado Itay Blumental publicou em seu twitter o novo ‘morador’ da cabine do 737, um gato. Isso mesmo, um gatinho conseguiu entrar em um 737-900ER que está estocado no Aeroporto Ben Gurion, de Tel Aviv.

A questão agora é como o gatinho conseguiu chegar até lá com o avião totalmente fechado?

Entre tanto espaço dentro de um Boeing 737-900ER, o gatinho aparece tranquilamente tomando um banho de sol e muito relaxado. Os funcionários do Aeroporto que viram o animal no cockpit, mas não sabem dizer quanto tempo o animal pode estar lá dentro do avião.

Segundo dados, o 737-900ER de matrícula 4X-EHB de aproximadamente 7 anos de idade, realizou seu último voo no dia 24 de janeiro de 2020. A aeronave está com os aparatos de preservação de longo prazo, protegendo a mesma de maiores problemas de corrosão ou entrada de insetos.

Como podemos ver nas imagens acima, o gato causou alguns danos no cockpit e na parte interna da aeronave. De qualquer forma, os mecânicos da companhia vão realizar um check geral na aeronave antes de colocar a mesma em operação, como solicita o manual.

Os gatos em geral costumam ser bem aventureiros, procuram explorar diversos locais atrás de comida ou abrigo. Neste caso este gatinho parece ter gostado bastante da cabine do 737.

 

O post Gato aviador é encontrado dentro do cockpit de um Boeing 737 estocado apareceu primeiro em AEROFLAP.