Militares entregam mais de 3,7 mil cilindros de oxigênio ao Amazonas

Em apoio à crise sanitária do Amazonas, as Forças Armadas entregaram ao estado 3.732 cilindros de oxigênio, além de 175 tanques de oxigênio líquido. O transporte teve início no dia 07 de janeiro. Desse total, a Força Aérea Brasileira entregou 52 tanques de oxigênio líquido, que partiram de Brasília (DF) nas aeronaves C-130 Hércules e KC-390 Millennium com destino a Ala 8, em Manaus (AM), entre os dias 25 e 26 de janeiro. Outros 101 cilindros foram enviados de Belo Horizonte (MG) por meio do C-130, no mesmo período.

Os militares têm atuado 24h por dia no âmbito da Operação Covid-19 para dar suporte às vítimas do novo coronavírus. Nessa etapa, as Forças Armadas entregaram 14 usinas de produção de oxigênio, 175 tanques de oxigênio líquido, além de 57 respiradores portáteis do tipo Inspire. O aparelho foi desenvolvido pelo Centro Tecnológico da Marinha, em São Paulo, em parceria com a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP). Os voos de suporte ao Amazonas somam 703 horas de deslocamento e 797 toneladas de carga transportada.

Fotos: Divulgação/MD

Mantendo a linha de esforço, o Navio-Patrulha da Marinha, transportou de Santos, em São Paulo, até Barcarena, no Pará, um tanque com capacidade para 90 mil metros cúbicos de oxigênio líquido. O equipamento, entregue na terça-feira (26), permanece no estado paraense, onde será envasado e, em seguida, deslocado para Manaus por balsa. A chegada na capital amazonense está prevista para a primeira semana de fevereiro.

Foto: 4ª Distrito Naval

No contexto Operação Covid-19, ainda ocorreu o transporte de 180 cilindros de oxigênio com destino ao município de Santarém, no estado do Pará. A aeronave C-130, da FAB, partiu de Guarulhos, em São Paulo, e chegou à região na terça-feira (26).

 

Fonte: Ministério da Defesa

O post Militares entregam mais de 3,7 mil cilindros de oxigênio ao Amazonas apareceu primeiro em AEROFLAP.