Conheça como funciona o Transporte Aeromédico com a SETE Táxi Aéreo

A Sete Táxi-Aéreo está no mercado há mais de 40 anos, fazendo transporte executivo e aeromédico, o ano de 2020 foi um divisor de águas na empresa, que passou por uma restruturação otimizando seus serviços.

No ano de 2016 a empresa que também atuava no mercado de voos comerciais regulares com três aeronaves E-120 Brasília, iniciou um planejamento de restruturação operacional visando setorizar as áreas de atuação.

No transporte executivo a empresa goiana, atua com aeronaves Learjet e Mitsubishi atendendo clientes que precisam executar voos com agilidade, privacidade ou destinos que as vezes não são cobertos por linhas aéreas.

A versatilidade da frota permite um atendimento amplo as necessidades do cliente: desde o pouso em uma fazenda ou pista não pavimentada realizadas por aeronaves bimotores e turbo hélices às viagens internacionais realizadas com o jato.

Foto: Ícaro Roberto

Contando com um amplo hangar com salas Executivas para embarque, amplo pátio, estrutura completa de manutenção das aeronaves, departamento de engenharia aeronáutica, departamento de segurança operacional do voo, departamento de formação de piloto e com uma equipe de fretamentos que trabalha 24 horas por dia dedicado para cuidar da melhor experiência executiva que a empresa pode proporcionar.

Foto: Ícaro Roberto
Foto: Ícaro Roberto

Atualmente a empresa fez uma divisão operacional, deixando exclusivamente os Mitsubishi MU-2 dedicados apenas para transporte aeromédico sob a marca AEROVIDA.

Essas aeronaves voam o Brasil e América do Sul com todos os aparatos de UTI aérea, sendo até mais eficaz que uma UTI hospitalar por sua energização.

Foto: Ícaro Roberto
Foto: Ícaro Roberto

Esse serviço é composto pelo fretamento de uma aeronave, com todos os equipamentos de UTI a bordo, médico, enfermeiro, piloto e co-piloto. Na maioria desses voos a Aerovida também oferece com prestador de serviço terceirizado com ambulâncias na origem e destino. Ou seja, realiza o transporte ponta a ponta, retirando com segurança o paciente do hospital de origem, concluindo com a acomodação do paciente no hospital de destino.

Foto: Ícaro Roberto

Com essa pandemia da COVID-19, a SETE passou para seus funcionários um rigoroso treinamento de operação com pacientes positivados com a doença e um protocolo de desinfecção da aeronave após o transporte.

Enquanto grandes companhias aéreas pararam seus aviões por falta de clientes e demanda baixa, a empresa voou sua frota constantemente, parando as aeronaves apenas para checks e inspeções de segurança de prevenção.

Na AEROVIDA há uma equipe medica de plantão 24 horas por dia, sete dias da semana pronto para qualquer chamado para transporte de enfermo em qualquer lugar do Brasil e América do Sul, essa equipe medica faz a avaliação do estado clinico do paciente para ver quando há condições ou se há condições para embarque na aeronave.

Foto: Sete Táxi-Aéreo

A aeronave pode ser preparada em questão de 30 minutos com todos os equipamentos para suporte hospitalar, no termino de cada voo, a aeronave passa por um rigoroso procedimento de desinfecção e neutralização de qualquer vírus que possa transmitir.

É exatamente esse serviço que conhecemos nas últimas semanas. Confira mais no vídeo abaixo em uma entrevista exclusiva:

O post Conheça como funciona o Transporte Aeromédico com a SETE Táxi Aéreo apareceu primeiro em AEROFLAP.