Renomando piloto de testes russo disse que SU-57 venceria F-35 em um Dogfight 1×1

O piloto renomado piloto de testes russo, Magomed Tolboyev, disse que o caça de 5º geração da Rússia, o SU-57, poderia vencer em um dogfight 1×1 contra o também caça de 5º geração F-35, dos EUA.

Em seu aniversário de 70 ocorrido ontem (20/01), Tolboyev, disse que graças a manobrabilidade do SU-57, o vetor russo poderia vencer um combate com contra o caça norte-americano.

“O Su-57 matará [um F-35] facilmente, caso se encontrem um a um. O F-35 não pode manobrar, é simplesmente incapaz. Mas tem poder eletrônico”, disse Tolboyev, acrescentando que a eletrônica pode ser interrompida até mesmo por explosões solares.

O piloto ainda ressaltou que “tem uma opinião negativo sobre tudo o que é eletrônico”, fazendo assim talvez referência a tecnologia embarcada no caça norte-americano.

Print do vídeo do SU-57 realizando o pouso-

No entanto, o próprio piloto russo reconheceu que os dogfights 1×1 acabaram a muito tempo.

“Hoje, você não luta mais um a um. Tudo depende do seu apoio. Existe guerra eletrônica hoje. Isso não é mais um tatame de luta, mas uma abordagem complexa para questões táticas”, disse o piloto.

No cenário atual combater o inimigo a distância é o que está em jogo, pois abater o oponente sem que o mesmo de veja é uma estratégia interessante e para isso cada vez mais as tecnologias ajudam os pilotos.

F-35A Lightning II voa sobre o Alasca- Foto: USAF

O currículo de Tolboyev engloba ícones aeronaves de caça da Rússia, como o MiG-29, MiG-31, Su-24 e Su-27. Ao todo o aviador pilotou mais de 50 modelos de aeronave.

SU-57 e F-35:

Algumas características de ambos os caças são comuns, a começar pela furtividade, ou seja, ambos são Stealths.

Outra característica comum é a baía interna para transportar os vários armamentos usados em cada caça.

Decolagem de um SU-57. Foto – Reprodução/UAC

Já as diferenças, as encontramos na motorização, o SU-57 é bimotor e tem empuxo vetorado, já o F-35 é monomotor.

O F-35 também se diferencia por ter três versões, a versão A (pouso e decolagem convencional), a versão B (pouso e decolagem na vertival STOVL) e por último, mas não menos importante, a versão C (para operações em porta-aviões com gancho e catapulta).

F-35
Caças F-35B norte-americano e do Reino Unido sobre o convés de voo do HMS Queen Elizabeth- Foto: RAF

 

Fonte de apoio: TASS / Edições: Aeroflap

O post Renomando piloto de testes russo disse que SU-57 venceria F-35 em um Dogfight 1×1 apareceu primeiro em AEROFLAP.