Austrian aposenta os seus três Boeing 767 mais antigos

A Austrian Airlines estará até março aposentando todos os seus primeiros aviões Boeing 767 da sua frota.

As operações de voos regulares, no entanto foram encerradas no último fim de semana, quando o Boeing 767 (OE-LAT) cumpriu o voo OS66 de Chicago para Viena, pousando no domingo (10).

Esta aeronave é uma das três que ficaram na frota da Austrian Airlines após uma reformulação durante a atual crise. A companhia deixou na frota três aviões Boeing 767 todos com mais de 28 anos de uso, este que foi aposentado é o mais velho, com quase 30 anos de uso, e fará companhia aos aviões de matrículas OE-LAX e OE-LAW.

Esses aviões estão na frota da Austrian, que pertence ao Grupo Lufthansa, pelo menos desde a incorporação da Lauda em 2001, e por anos operaram voos de longa distância para a Ásia e os Estados Unidos.

Todos os três aviões serão enviados para um deserto no Arizona, nos EUA, onde serão desmontados.

A companhia ainda deve retirar mais três aviões Boeing 767 da sua frota até o início de 2022. Aposentando de vez este modelo de aeronave.

 

Modificações na frota

Durante a pandemia a Austrian Airlines anunciou que removeu 18 aviões turboélices Bombardier Q400 até 2021 e aumentar o número de aeronaves A320 em mais 10 aviões, medidas que levariam a frota geral da companhia aérea para cerca de 70 aeronaves.

Além disso, a Austrian Airlines também removeu sete aeronaves do modelo A319. Além de mais três aviões Boeing 767.

Até o início de 2022, a Austrian Airlines confirmou que um total de 28 aeronaves deixarão a frota,  dessa forma, a companhia vai ter uma diminuição de quase 25 aviões, em relação à frota de 2019, operando com pouco mais de 60 aviões.

 

O post Austrian aposenta os seus três Boeing 767 mais antigos apareceu primeiro em AEROFLAP.