Piloto da GoAir é demitido após postagem em uma rede social ofendendo o primeiro-ministro da Índia

A companhia low cost da Índia, a GoAir demitiu um de seus pilotos devido a um post em uma rede social ofendendo o primeiro-ministro indiano. O ocorrido foi na semana passada e o piloto posteriormente pediu desculpas pela postagem. 

Entretanto, a GoAir destacou que pratica uma politica de tolerância zero para casos de comportamento inadequado no seu quadro de funcionários. Segundo um jornal local, o piloto ofendeu o ministro diversas vezes no dia 7 de janeiro, pouco tempo depois foi apagado.

“Peço desculpas por meus tweets sobre PM, outros tweets ofensivos que podem ter ferido os sentimentos de qualquer pessoa associada. Eu transmito que GoAir não está associado a nenhum dos meus tweets direta ou indiretamente, pois eram opiniões pessoais”. Disse o piloto.

“A GoAir tem uma política de tolerância zero e é obrigatório que todos os funcionários da GoAir cumpram as regras de trabalho, regulamentos e políticas da empresa, incluindo o comportamento nas redes sociais. A companhia aérea não se associa a opiniões pessoais expressas por qualquer indivíduo ou funcionário.” Disse a empresa em comunicado.

Segundo informações, o piloto demitido é ex-militar da Força Aérea, tendo deixado o cargo em 2010. Fez parte da comissão especial de pilotos da Força Aérea, tendo transportado ministros por volta de 2004 e 2005.

A GoAir demitiu pela segunda vez um piloto em menos de um ano por conta de comportamento inadequado nas redes sociais. Em maio de 2020, um piloto da companhia aérea publicou postagens ofensivas, entretanto o caso foi investigado pois havia uma conta com o mesmo nome do piloto. O piloto se manteve na empresa até o momento e o caso foi esclarecido.

O post Piloto da GoAir é demitido após postagem em uma rede social ofendendo o primeiro-ministro da Índia apareceu primeiro em AEROFLAP.